sexta-feira, 3 de outubro de 2008

PORTAS de CHINATOWN


Finalmente vamos falar de algo mais sério, algo que se passa na nossa cidade (Beja).
De há uns anos para cá que estamos a ser literalmente invadidos por lojas chinesas, em cada esquina encontramos pelo menos uma.
Devagar, devagarinho foram ocupando os espaços.
"Eeeepáááá´!! Onde é que estou? Chinatown? Então mas eu saí mesmo agora de casa, só andei 5 minutos.......não dava pa chegar à china!!!"
É isso mesmo! Tamos a viver na china! Muitos produtos de manufacturação barata, e por consequência, sem qualidade! Só vale a pena ir lá por coisas tipo, um prato, um tapete para a banheira, um mealheiro e mais nada! Já experimentaram comprar umas pilhas no chinês? Se for para o comando da TV, (que gasta muito pouca energia) ainda funciona, agora se for para desenrascar a máquina fotográfica digital numa hora de aflição, tá bem tá.... nem liga!!!!
Pois é..... nas portas de mertola, não sei porquê, as lojas estão todas a fechar. Mas enquanto essas fecham outras abrem (chinamen of course!!!).
Falam por aí os nossos eleitos politicos, "aah e tal! Vamos apoiar o comercio tradicional!!" mas depois é o que se vê.... mais chineses! O mais engraçado é que nem comercio tradicional chinês é!!! Toda a gente se queixa...... mas ninguém faz nada!!
Por acaso não existe uma associação que deve regular estas coisas? Eu até já ouvi falar de uma tal "Associação Comercial do Distrito de Beja" mas parece que é um mito urbano! Aaaahhh, não não! Espera lá aí, quando chega a hora de pagar as cotas, é claro que existe. Visto que nós não somos políticos, não sabemos bem, quem deve olhar por os direitos do comerciante tradicional, porque todos falam muito bem, mas em chegando a altura de assumir responsabilidades, passa-se a batata quente a outro e ta-se bem.
Um abraço fraterno a todo o povo chinês, que apenas está a aproveitar aquilo que lhe deram de bandeja, como o faríamos nós se fosse o caso.

3 comentários:

100vagar disse...

É com muita tristeza que assisto a essas chinezisses e com revolta porque como comerciante, vejo-me a braços para fazer face a todos os compromissos que tenho para com segurança social, finanças, contabilista, seguros daqui, dali e de acolá, assossiação de direitos de autor (tenho lá um leitor de cd e uma tv) e mais um x porque tenho toldo e mais y porque é especial..enfim, é trabalhar para as despesas e vem esta gente de olhos em bico, com todos os direitos e facilidades para montarem as suas lojas atulhadas de porcaria...mas é disto que o meu povo gosta!!!

Zedd disse...

Pena a ASAE não verificar essas lojas todas... Mas lá está, esse povinho aproveita bem as oportunidades dadas, ou seja, não pagam impostos durante x anos e quando estão quase para os ir pagar (surpresa), a loja muda de nome, de "China o c*****o que os f**a" passa a "o c*****o que os f**a China" (atenção os proprietários ficam os mesmos) e ficam outra vez x anos sem pagar qualquer imposto... Para terminar é só acrescentar mais um ponto: isto é má vontade do povo chinês... peço desculpa... isto é mas é má vontade do governo português...

Andreia disse...

Bem e ja repararam que até aquele centro comercial D.Manuel I ( q nunca deu nada coitado) se tornou uma gigante loja de chineses... caraças... e dps um jovem quer abrir um negócio qualquer perde logo a vontade só com as burocracias tds q nos impoem, burocracias essas q certamente não impoe aos chinesitos coitadinhos, vamos lá ajudar q eles são escravizados e tal... e dps vem pra cá abrem as lojitas e escravizam eles os tugas... claro kem não conhece as meninas k la trabalham, meses a fio sem seg. social, irs, e direitos normail de um trabalhador... ah pois é... e temos pena.